Super Vaidosa Quer Virar Blogueira Profissional?


Cinco Truques Rápidos Para Publicar Stories No Instagram


O WordPress é uma das melhores plataformas - se não a melhor - para a constituição de sites. Dito isto, vou, de lado a lado desse post, tentar de uma vez por todas desmistificar alguns “achísmos” comuns sobre o WordPress, principalmente o que trata a respeito do teu exercício exclusivo para blogs e pequenos websites institucionais. Pra começo de discussão, preciso relatar que grandes empresas utilizam o WordPress em seus grandes web sites.


Isto prova que o WordPress tem potencial, além, é claro, de ser altamente personalizável. Não é a toa o CMS (Content Management System) mais popular do mundo. E visto que mencionei o “altamente personalizável”, vale expressar que não há qualquer tipo de limites pra criação de sites em WordPress. Por que estou frisando isto?


É que vira e mexe as pessoas me perguntam - muito por ainda relacionarem fortemente o WordPress com constituição de websites - se estabelecidas ideias que tiveram podem ser realizadas em WordPress. A todo o momento respondo que sim, e que a única coisa que ainda não podes ser feita com a ferramenta é café. Contudo vamos continuar o papo.


Quando falo em WordPress não poderei esquecer-me de indicar toda a cota intuitiva que está por trás da plataforma. Aliás, este é um ponto muito significativo, até pelo motivo de vejo algumas pessoas que dependem eternamente de técnicos para a realização de edições descomplicado em seus blogs, coisa que com o WordPress não seria problema.


  • 131 FAZENDO AS MALAS (Blog)

  • Como colar corretamente

  • Episódio 348

  • Rastreie o seu web site manualmente

  • De quem é o Blogloving? Não imagino, porém não é teu

  • 1 Antecedentes e desenvolvimento

  • Visto que está tudo pronto crie o primeiro postagem de teu website



A minha primeira experiência com um painel administrativo de WordPress ilustra bem a facilidade que pretendo que o leitor compreenda. Os primeiros projetos da Origgami foram com o WordPress, e como minha função é a de fazer o meio-campo com o freguês, tive que aprender tudo o que ele normalmente me perguntaria. Com isso, as tarefas finalizadas pela equipe técnica caíam pra que eu testasse.


Achei tudo tão didático que de teste em teste me sentia cada vez mais seguro para descobrir a plataforma sem qualquer tipo de traço ao serviço. E explorei, explorei e aprendi coisas por conta própria, ou consultando fóruns pela internet - Ah, a facilidade em encontrar tutoriais bem como é um ponto muito afirmativo do WordPress.


Praticamente tudo o que se procura é achado. Falei lá no início do post que o WordPress não se limita a websites e menores websites, correto? Só que não é só isso. Com o WordPress é possível fazer até mesmo e-commerces, principalmente por conta da ferramenta Woocommerce. Numa rápida pesquisa pelo Built With é possível visualizar detalhes estatísticos legais a respeito do Woocommerce. Sua popularidade, como por exemplo, também impressiona, em tão alto grau que na atualidade esse plugin do WordPress é o mais utilizado em e-commerces de todo o mundo. Em resumo, não se sinta preso quando o WordPress lhe for sugerido como solução. Pelo inverso. Sinta-se aliviado com uma plataforma robusta que vai lhe ser proveitoso pra todas as ideias que retém. E se ter necessidade de de qualquer tipo de assistência, relacionada ao WordPress ou não, entre em contato conosco que será um entusiasmo amparar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *